NOTÍCIAS

25/10/2017

CONHEÇA A TENDÊNCIA DO ESCAPISMO INDOOR

 

De que modo texturas, cores e formas entram nesse novo mood?

Tecidos mais macios e formas mais arredondadas deixam a casa muito mais quente, acolhedora e receptiva. Para se equilibrar com esse visual fofinho, entram as tonalidades acinzentadas. Antes, o cinza vinha com a dureza do concreto. Aos poucos, porém, a cor foi ganhando suavidade. Assim como o mundo tem contra-pontos (o quente e o frio, o claro e o escuro, o novo e o antigo), nós temos um lado mais sóbrio e outro mais agitado. Então matizes vibrantes, como o vermelho, podem equilibrar os mais discretos. Independentemente de todas essas referências, porém, imprimir a personalidade na casa é o que realmente esquenta o lugar.

A natureza segue presente?

Sim! Nas formas e texturas orgânicas e nos materiais naturais. Estão em alta peças que exibem os veios da madeira e o que chamamos de novo industrial: menos duro, mais luxuoso, em tons acobreados e dourados, foscos, não tão puros. Os tecidos metalizados, com visual quente, são um novo hit. Cada vez mais, buscamos produtos que se mostrem mais naturais, mas com pegada urbana, e contenham uma história, mostrem conteúdo. Queremos entendê-los, entender sua concepção e também o seu criador. Eis por que peças vintage, naturalmente desgastadas, são bem-vindas.

Qual é o papel do humor no novo morar?

Isso tem relação com a casa multigeracional, que acolhe várias gerações de uma mesma família, das crianças à terceira idade, no mesmo endereço. São várias personalidades dentro dessa casa democrática. Por isso ela é mais colorida, mais divertida. Equilibra intervenções digitais do dia a dia, como a realidade aumentada, detalhes esportivos, como uma bola de basquete ou de futebol, e itens lúdicos. Tudo junto e misturado.

Além de relax, a casa virou fonte de lazer?

Antes, ficar em casa era algo entediante. Hoje, é o novo sair. Cada vez mais, se investe em programas relacionados à cultura e à criatividade. Ver filmes, cozinhar e promover cursos em grupo se tornou um programa legal. Não à toa, a cozinha se abriu para a sala. Há também no mercado uma série de serviços que propiciam essa nova experiência doméstica. A casa conectada, com funções e eletrodomésticos tecnológicos, traz aparelhos para aumentar nosso bem-estar.

Matéria publicada por Casa Claudia em 20 de outubro de 2017

FOTO. É de Marcel Wanders para a Moooi o tapete Queen (2,50 m e 3,50 m de diâmetro).

CONHEÇA A TENDÊNCIA DO ESCAPISMO INDOOR

+voltar